Total de visualizações de página

domingo, 22 de agosto de 2010

PALAVRAS



Esvazio-me de palavras soltas em meu pensamento
Deixo meus lábios selados e em sonoro silêncio
Minha mão direita exprime um sentimento contido
Parece ter uma vontade própia e incontida
Desliza em uma dança frenética de palavras rabiscadas
Sinto me dominada por frases, pontos e parágrafos.
Inicia se um duelo entre a minha mão e o meu pensamento
Eu?... Apenas um instrumento
Permito que me usem
Cada um é dominado pelas palavras de certa maneira
Cada um se deixa dominar por si mesmo sem barreiras
Esvazio-me e encontro a minha paz e o meu alento
Esvazio-me e me faço Poema de meu pensamento.
DRI

Nenhum comentário:

Postar um comentário