Total de visualizações de página

domingo, 13 de fevereiro de 2011



POSSE

Declaro que ainda que eu possuísse teu corpo,
Forçoso me era possuir quem eu amasse sem me iludir.
Construí sonhos que nada poderiam destruir.
Quis sentir, quis ter o prazer de sofrer. É eu sei... Fui um tolo...
Sei que não tenho o direito de posse e lamento,
Também sei que possuir teu corpo não me fará ter o seu coração,
Resigno com o que pude tirar de você até então.
Não me falta egoísmo nas palavras e nas ações,
Mas afinal quem é que manda nos corações?
O sentimento de posse destrói o homem,
Trás insanos desejos e quaisquer sentimentos verdadeiros morrem.
O que posso fazer se foi assim que aprendi a amar você?
Querer te ter sem poder...


Dri

segunda-feira, 7 de fevereiro de 2011

VERBO INTRANSITIVO


VERBO INTRANSITIVO


Decifra-me...
Sou feito de momentos...
Ora sou felicidade, ora tristeza.
Ora sou ninguém, ora alguém de ninguém.
Posso queimar feito fogo, ardendo qualquer frieza,
Posso gelar feito neve o coração de outrem
Decifra-me...                                                                                                    
Não posso ser ouvido,
Não posso ser visto, apenas sentido,
Sou quem te faz sorrir feito tolo,
Sou quem te faz chorar feito louco,
Envolvo-te sem que percebas,
Emprego-me sem que me permitas,
Porque sou intransitivo,
Porque sou imperativo,
Decifra-me...
Quando você precisar, vai querer me encontrar.
Quando você menos esperar, já estarei lá.

DRI




quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011

Eu preciso...

Eu preciso do sopro do vento em meus cabelos,

Eu preciso do sol se pondo refletido nos meus olhos,

Eu preciso da onda do mar envolvendo meu corpo.

Eu preciso de vindas,

Eu preciso de idas,

Eu preciso de um porto seguro que me atraque,

Eu preciso elevar meus pensamentos para bem longe,

Eu preciso que cheguem até aonde você possa estar,

Eu preciso te enviar lembranças de mim,

Eu preciso que não se esqueças de lembrar de mim,

Eu preciso entender a saudade,

Eu preciso saber por que o vento que bate não me abate

Eu preciso saber por que o tempo que passa não me carrega com ele,

Eu preciso aquietar meu coração,

Eu preciso viver toda esta emoção,

Eu preciso dizer EU TE AMO!!!